Anti-Corrupção

A desconfiança em relação aos partidos políticos é muito grave e a recente Lei do Financiamento dos partidos agravou essa percepção.Não é possível- como se tem visto nos últimos vinte anos- que as reformas estruturais que todos sabem quais são, sejam efectuadas, enquanto perdurar este espírito de desconfiança.Assim, a primeira grande prioridade do próximo governo, seria lançar um pacote legislativo anti-corrupção!O actual governo tem vindo a tomar medidas que acentuam a desconfiança dos cidadãos,desde a eliminação de concursos públicos e a entrega por ajuste directo de obras públicas,até à Justiça cara e que não funciona, passando por prioridades em mega projectos questionados por todos e que se adaptam como uma luva aos grandes e costumeiros grupos económicos.O acentuar da crise arrasta os cidadãos para situações pessoais e familiares muito dificeis o que vai acentuar, ainda mais, a percepção da corrupção.Dois terços de nós consideram que o governo não tem sido eficaz no cambate à corrupção!Sem confiança e sem credibilidade nenhum governo conseguirá tomar e implementar no terreno as medidas estruturais que todos sabem quais são.É só preciso ter força política e a confiança dos cidadãos para tirar o país deste caminho que nos arrasta para o empobrecimento!Mas para isso o exemplo terá que vir de cima, não podemos desconfiar de quem nos governa,não podemos ter governantes envolvidos em práticas e em casos que não abonam a sua honestidade! Sem um pacote de leis anti-corrupção corajoso nenhum governo deixará obra!

Comments


  1. Pois é, concordo. O problema é que, apesar das promessas, quando se apanham no poleiro, como diz o povo, não fazem nada disso. Antes pelo contrário. E a desconfiança persiste.


  2. >>pacote legislativo anti-corrupçãomas quantos pacotes anti-corrupção já foram criados? pelos menos tantos quantos os casos que já vieram a publico. mexe-se aqui e ali e promete-se que a partir de agora é que vai ser.não é a legislação que tem que mudar. são os portugueses mesmo. se formos todos sérios não precisamos de mais umas não sei quantas leis que provavelmente contradizem outras já existentes e que vão demorar 10 anos a ser julgadas para depois não dar em nada.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.