A Cruz do Vítor

Compreendo mal esta obstinação do Governador do Banco de Portugal de se considerar sem qualquer responsabilidade nos casos BCP, BPP e BPN.

Os resultados estão aí, e o BdP existe para que estes casos não aconteçam. Não vale a pena dizer que não cometeram erro nenhum, ou que tudo foi feito como mandam as boas práticas. Todos nós temos que ser avaliados pelos resultados, e os resultados são muito maus. O BdP existe, exactamente, para se antecipar a resultados destes.

Não colhe a argumentação de António Costa e do PS quando diz que a Comissão da AR , persegue o “polícia” e deixa em paz o “ladrão”. O que aconteceu é que o “ladrão” roubou os bancos com a “polícia” a ver. Ora o “polícia” é pago para evitar os roubos, pelos menos os que são efectuados à frente dos seus olhos. Se o BdP considera que não viu nada, então ainda é pior porque um “polícia” não pode ser cego.

O Dr. Constâncio quer dizer com a sua posição neste assunto que tem tanta responsabilidade quanto eu ? Alguem acredita nisso? Nem sequer vale a pena enumerar as razões . Desde logo pelos imensos meios que tem à sua disposição e que não soube utilizar com êxito.

E a questão volta à primeira forma. Perante os resultados ninguem é responsável ? E refiro-me aos resultados da Supervisão, que aos das Administrações dos bancos a Justiça trata (tratará?)

Esta irresponsabilidade de quem ocupa elevados cargos, muito bem remunerados, deixou de estar no “limbo” da vida dos portugas para passar a ser mais um “cruz ” assumida!

Valha-nos São Tomé (ver para crer)!

Comments


  1. Caro Luis MoreiraCom este tsunami de assaltantes que invadiu o nosso país, não só políticos mas responsáveis a todos os níveis, já nem sei se “a polícia” defende ou colabora. Fico com muitas dúvidas.


  2. “Perante os resultados ninguem é responsável?” Há, claro, mas não vale a pena pensarmos muito nisso. Não vamos agora estragar a vida de ninguém.


  3. por momentos fiquei preocupado com este titulo…