Será que o Bataclan foi escolhido por acaso?


osama-bin-laden-1998jpg-0d53e0ea14cb1e4d

Será que o DAESH escolheu, por mero acaso, a sala de espectáculos francesa do Bataclan para perpetrar um dos mais bárbaros ataques terroristas da história?

Se tivermos em linha de conta que o A=1, B=2, C=3, e por ai fora, B+A+T+A+C+L+A+N corresponde a 2+1+20+1+3+12+1+14 que corresponde a 54 que, por sua vez, corresponde à idade com que morreu Osama Bin Laden.

Esta será a fórmula ( B+A+T+A+C+L+A+N = 2+1+20+1+3+12+1+14 = 54 ) que pode ter estado subjacente à escolha do local do atentado pelo DAESH para ” homenagear ” o antigo líder da Al-Qaeda.

Nota: Este post foi apagado por lapso. Verificado o erro foi republicado a partir da cache não tendo sido possível recuperar os comentários contudo estes poderão ser consultados aqui.

Bin Laden vivo e de boa saúde

a desfrutar de uma vida faustosa nas Bahamas, financiada pela CIA. É o mais recente assobio de Edward Snowden.

O corpo de Bin Laden

Bin Laden era, nos dias que correm, uma espécie de ex-presidente de uma grande multinacional na reforma, com a dificuldade acrescida de ter os movimentos limitados, as comunicações controladas e parte do mundo a tentar localizá-lo. Em abono da verdade, Bin Laden era, actualmente, quase inofensivo.

Para além de questões religiosas que envolvem a forma de tratar um cadáver islamita, que não discuto, existem aspectos que importa considerar. Um deles, talvez o mais importante, tem a ver com a força simbólica do corpo de Bin Laden. Desse ponto de vista parece-me evidente que o corpo morto de Bin Laden seria hoje bem mais importante do que o corpo vivo na sua última condição de refugiado. Quero dizer, se se soubesse exactamente em que local se encontram os restos mortais de Bin Laden, esse local passaria a concitar ódios e amores extremos e extremistas, seria sempre um lugar de elevada sensibiliade e com gente disposta a aproveitar-se do facto para os piores motivos.

Por outro lado, Bin Laden prisioneiro e julgado num tribunal internacional, readquiriria  também uma força simbólica que actualmente não possuía e as consequências de tal processo seriam absolutamente imprevisíveis no que se relacione com o aumento do terrorismo e das várias radicalizações fundamentalistas.

Suponho que a própria exibição das imagens de Bin Laden morto não acabará com todo o tipo especulações e teorias de conspiração. Tal como aconteceu com muitos ícones da cultura popular, Bin Laden, ainda que falecido, vai continuar a andar por aí.

Agradar a “gregos” e “troicanos”

Por tróica entende-se um conjunto de três pessoas que visam um ou vários fins políticos em acção concertada. Mas significa, também, em russo, trenó puxado por três cavalos.

Agrada-me mais a vertente do trenó, que sempre dá a esperança de ser algo que vai dar algum tipo de impulso ao nosso país. Mera ilusão, é certo, porque não é para isso que os “troicanos” estão cá. Eles estão cá porque vemo-nos “gregos” para pagar aos nossos credores. E, em boa parte, porque não queremos abdicar das nossa guerras partidárias estéreis, com cartas de desamor à mistura, ou de estatutos e sinecuras que delapidam o Estado e seus recursos, entre outros mimos que têm minado a nossa República.

Até aqui, tivemos a Líbia, o casamento real e agora até a morte de Bin Laden (dizem que está morto, dizem …) para entreter a rapaziada, mas parece que a lista da cura de emagrecimento para a nossa obesidade insolvente já está na calha.

Agradar a “gregos” e “troicanos” não vai ser nada fácil.

Cinema na Casa Branca

40 minutos nem dá um episódio do 24 Horas.  No 24 Horas não espreitavam assim, da porta, mas tirando isso está parecido. É uma excelente foto do fotógrafo oficial da Casa Branca, com um Obama pequenino mas iluminado ao fundo, a mãozinha na boca da secretária de estado a dar o toquezinho de ansiedade, uma moldura de homens de braços cruzados, e ficamos a querer ver o que eles estavam a ver.

Estamos todos à espera da estreia. A execução de Bin Laden. Sem o Jack Bauer, suponho. Num Youtube perto de si.

Confirma-se, é o ADN do Bin Laden

confirma-se é o ADN do bin laden

Bin Laden: Análise de ADN confirma morte – responsável norte-americano à AFP

Bin Laden morreu mesmo?

Depois de procurarem Bin Laden em grutas e em tendas, em montanhas e desertos, os americanos foram dar com ele não tão escondido quanto isso, num complexo residencial de luxo. As autoridades paquistanesas, se pressionadas, vão ter alguma dificuldade em explicar tanto desconhecimento.

Já as americanas, naturalmente pressionadas, terão também coisas a explicar, nomeadamente a pressa com que se libertaram do cadáver. Compreende-se que o corpo de Bin Laden pudesse criar tantos engulhos morto como criou vivo, aumentando a sua aura de mártir, motivando peregrinações de apoio e de repúdio, confrontos e eventual aumento de intolerância racial e religiosa, sendo o mar o melhor guardador para tão grande e incómodo segredo. No entanto, àparte questões que têm a ver com o tratamento do corpo por parte da religião islâmica, tão breve tempo de exposição poderá sempre fazer com que subsistam dúvidas sobre a verdadeira morte de Bin Laden e dar origem às teorias de conspiração mais disparatadas. [Read more…]

Procurado por assassínio de nacionais americanos fora dos EUA

Procurado por: Assassínio de nacionais Norte Americanos fora dos EUA; Conspiração para assassinar nacionais Norte Americanos fora dos EUA; Ataque a uma instalação federal resultando em mortes.

[Read more…]

Tony Blair é um criminoso de guerra, ou uma justificação para o terrorismo


Juntamente com George W. Bush, Jose Maria Aznar e Durão Barroso, Tony Blair não passa de um criminoso de guerra. Tem as mãos sujas de sangue e, por mais justificações que continue a dar, o seu lugar na História já está assegurado. Foi o responsável por milhares de mortos inocentes no Iraque. Acredito que durma tranquilamente durante a noite.
É pena que ninguém pegue em gente desta e a leve ao Tribunal de Haia. Porque ao ouvir as palavras vomitadas desta forma, é impossível não pensar por vezes que, afinal, os terroristas limitam-se a lutar com as armas que têm. Como dizia Bin Laden há poucos dias, se os árabes não podem dormir tranquilos com a ameaça israelita, por que razão poderão os americanos dormir tranquilos?
Ah, e só mais uma coisa de que o senhor Blair se esqueceu: com Saddam, não existia terrorismo no Iraque.

O que se diz por aí

Como seria de esperar o Orçamento do Estado para 2010 não agrada nem ao BE nem ao PCP. Já se sabe que os socialistas sempre preferiram entendimentos à Direita. Habituem-se… que já é tempo.
Quanto às grandes medidas do Orçamento teremos hoje “novidades”.
Já José Sócrates pode-se considerar, realmente, como um um político com muita sorte, tal como diz Paula Teixeira da Cruz. Por várias vezes afirmei, e reafirmo: o PS governa graças ao PSD.
O caso “Casa Pia” conhece novos desenvolvimentos, e agora há já mais dois arguidos por força de denuncias feitas no âmbito daquele processo.
E em matéria de Justiça, continuamos a ter mais do mesmo, agora com a conclusão que mais de 80% dos advogados considera a Justiça lenta. A novidade estará nos cerca de 20% restantes.
Em Itália, Berlusconi arrisca a enfrentar um terceiro julgamento devido aos seus negócios. Coitado do homem: mas afinal quantas vezes terá ele de mudar a lei para que o deixem em paz de vez?
Na Taça de Portugal F.C. Porto defronta o Sporting. Vamos ver qual dois dois consegue ser menos mau.
Por fim, uma curiosidade: George Clooney quer criar roupa interior anti-scanner. Penso que Bin Laden será o primeiro a querer financiar o projecto, para que mais terroristas possam usar cuecas explosivas.