O árbitro, o ovo e a galinha

chicken-and-eggO meu gosto pelo futebol é tal que já me levou a assistir a torneios de futebol organizados por juntas de freguesia ou a jogos de campeonatos entre turmas nas escolas por onde tenho passado. Independentemente das idades, as derrotas provocam sempre o mesmo comportamento infantil: a culpa é do árbitro. Tendo caído na asneira de apitar jogos de alunos, fui, mais do que uma vez, acusado de ter favorecido os vencedores, ficando, frequentemente, com a impressão de que terá sido a minha condição de professor a livrar-me de reacções um pouco mais violentas ou de insultos mais coloridos, porque, para os derrotados, a culpa só podia ser daquela personagem cujo papel eu me tinha disposto a encarnar.

Conheço pouquíssimas pessoas capazes de falar verdadeiramente sobre futebol, atribuindo sempre as culpas aos árbitros quando o resultado é adverso. Trata-se de um comportamento perfeitamente transversal: com ou sem formação superior e independentemente da classe social ou do credo, transformam-se em seres ocasionalmente inferiores, reduzindo noventa minutos a um erro do árbitro, o único agente do futebol que, afinal, não pode errar, ao contrário dos jogadores que podem falhar golos de baliza aberta à vontade, porque a culpa nunca será deles. Note-se que nestes seres ocasionalmente inferiores incluo muitos amigos também adeptos do meu clube. [Read more…]

A traça benfazeja

traca_ronaldo_joana_vasconscelos
May the  força be with you. E viva Portugal.

Amanhã é dia de Porto – Benfica…

…e a metade do país que gosta do jogo de futebol (na qual me incluo) vai já fervendo em torno do despique.

O jogo é uma espécie de final que pode valer um título e isso torna-o mais apetecível, interessante, importante, perigoso, incendiário e pasto de provocações e demagogias.

Também por aqui, se calhar melhor aqui do que noutras circunstâncias, se vê quem é quem, o que vale e qual a dimensão humana de cada um. Eu, que sou benfiquista, espero que o Benfica ganhe, claro, ou, pelo menos, empate e seja campeão. Um portista quererá o mesmo para o seu clube, como é lógico.

Amanhã, quando começar o jogo, para mim, vão estar duas equipas em campo ( árbitros à parte ) e jogadores com nomes como Lima, ou Artur, James ou Helton. E não, não vai lá estar Salazar, nem a Pide, nem o centralismo lisboeta, nem o regionalismo, nem as batalhas miguelistas, nem as invasões francesas. Chamar “aquela equipa fascista”  ou “os verdadeiros representantes do futebol português” tem tanto a ver com [Read more…]

As Sereias estão na final com o Ribeirense

Está fechada a segunda fase do Campeonato Nacional Feminino de Voleibol.leixoes

O Ribeirense (Açores) e o Leixões (Matosinhos) são as duas equipas que vão disputar, à melhor de três, o título nacional.

Curiosamente, depois de o Ribeirense ter garantido um lugar na final há muito tempo, para este fim-de-semana ficou marcada uma jornada dupla entre o Leixões e o Gueifães. O Leixões tinha 4 pontos de vantagem e, por isso, tudo estava em aberto.

Na tarde de sábado, o Gueifães conseguiu vencer por 3-2 e, por isso, todas as decisões ficaram adiadas para o último jogo.

Hoje, Domingo e a jogar em casa, o Leixões tinha que conseguir, pelo menos 2 sets, que garantiam 1 ponto, tão necessário para o acesso à final.

O Gueifães entra no jogo a ganhar e vence o primeiro set. Mas, as Sereias, apoiadas por um público fantástico conseguiram dar a volta ao jogo e venceram, de forma muito clara o 2º set.

Com muita emoção e entrega de todas as Sereias, o 3º set  acabou por ser ganho pelo Leixões por 25-22!

Estava conseguido o objectivo da época: o Leixões está na final!

Leixões já está na frente

do Campeonato Nacional de Voleibol.

Campeonato Nacional de Voleibol Feminino

A tribo do Volei é uma tribo especial!

Há duas marcas que distinguem o ambiente do Voleibol daquele que eu conhecia melhor, o do futebol: a relação entre adversários, seja ao nível das atletas, das equipas técnicas, seja ao nível dos adeptos. Até a cumplicidade entre os atletas e as equipas de arbitragem é diferente.

E a segunda marca é o fair play, a capacidade de apreciar o jogo pelo jogo, a cumplicidade com o jogo no que ele tem de mais verdadeiro.

Fiquei fã e por isso tenho seguido com atenção os últimos campeonatos nacionais de voleibol feminino.

Em Portugal, a I divisão tem 10 equipas: o Sporting Clube de Braga, o Castêlo da Maia e o Gueifães, ambas da Maia, o Belenenses e a Lusófona de Lisboa, o Ginásio de Santo Tirso, o Leixões de Matosinhos, dos Açores, o Ribeirense (bi-campeão nacional) e da Madeira duas equipas: o Câmara de Lobos e o Madeira. [Read more…]

Por mim, o campeonato acabava já hoje

Evitava-se a pressão sobre os árbitros para beneficiarem o do costume, e a Académica voltava aos lugares que lhe pertencem historicamente, com uma equipa que dá espectáculo, no ano da afirmação de Jorge Costa como grande treinador que vai ser.

Até obras de arte sob a forma de golo não têm faltado, este com o gostinho especial de ser marcado ao adversário de estimação, o Derrota de Guimarães:
http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/BQEqAAKWCFfDlFLpH33p/mov/1

Golo de Sougou, Académica 3-Guimarães 1

Podia ser pior

Continua hoje a 4ª jornada, com o encontro no Dragão entre as duas equipas que, tudo o leva a crer, vão disputar o título.

Entretanto uma pequena observação: dado que Portimonense e Rio Ave se cruzam nesta jornada, é matematicamente impossível que ela termine com o Benfica em último lugar, ou seja: ainda podia ser pior. Já para a semana que vem a matemática será outra, mas haja tranquilidade, o empresário L. F. Vieira já puxou as orelhas ao chefe da arbitragem.

Não há nada como um regresso à normalidade.

Jesus volta à Sé de Braga

Jorge Jesus encontrou-se hoje com o Presidente do Clube Minhoto, com o Presidente da Câmara e com o Arcebispo de Braga para reinvindicar a medalha correspondente ao 2º lugar alcançado pelo clube da cidade no campeonato  nacional.

Segundo Jesus, não só escolheu os 15 melhores jogadores da equipa, como o sistema de jogo é dele, e derrotou o Dragão, permitindo assim, que o Sporting de Braga alcançasse o segundo lugar.

As entidades ficaram de dar uma resposta.

Mensagem do Presidente da Nação

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/nSe35VoY8uF3T2RGseod/mov/1

A canalhice é verde

Corre por aí que o Carlos Carvalhal vai ser substituído pelo André Vilas-Boas.

Numa altura em que a equipa joga como há muito não jogava e mais do que isso marca golos e ganha jogos, é deveras curioso que se dê esta substituição como adquirida, sendo certo que não há um sócio que tenha sido sondado ou que esteja de acordo. A verdade é que se vão perder seis meses de trabalho, de mútuo conhecimento, de confiança, de métodos de trabalho que estão a dar resultados. Que dizer disto?

Há quem diga que os agentes só ganham dinheiro se houver movimento, que se não há movimento não há jogadores bons na agenda ou podem fugir para outras bandas. E sem movimento de jogadores e técnicos não há movimento de dinheiro e sem movimento de dinheiro não há comissões. Aqui não entra o interessse do clube, dos sócios ou da “colectividade”, (como se diz na gíria das colectividades de dança e recreio), aqui o que há é o carcanhol, e portanto não interessam nada pormenores como os de a equipa estar ou não a ganhar.

Desta vez ( a ser verdade) a canalhice é verde, mas já teve outros tons como se sabe, praticamente todo o arco íris, mas aqui na lagartagem usa-se e abusa-se. Basta lembrar quando o Sousa Cintra despediu o Mr Robison que ia em primeiro, o Pintinho foi buscá-lo e o Porto ainda foi campeão nesse ano.

E o mister inglês foi despedido porque apesar de ir em primeiro no campeonato perdeu um jogo em Viena por uns quantos de que me não lembro bem. E assim o Sporting de uma assentada perdeu o campeonato, a taça Europeia e o treinador tudo numa decisão inteligente!

Mas a memória é curta!

FUTaventar S.L.Benfica #21

BENFICA ganhou ao Leixões por 4-0, com três golos do Di Maria.
O BENFICA entrou a todo o vapor e só um erro ENORME do bandeirinha impediu o BENFICA de marcar mais cedo. A sorte acabaria por ajudar a estreia do Éder Luís que, de fora da área, conseguiu abrir o marcador no estádio do Mar.

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/T4YuBf7rBtizvYdgH7h8/mov/1
Depois, foi carregar, carregar e o Cardozo a falhar – se visitar, caro leitor, os comentários em directo que fiz no twitter vai perceber como este jovem jogou…

O intervalo não mudou nada, a não ser o sentido do ataque do BENFICA – passou da direita para a esquerda! E aí foi sempre a abrir.

Di Maria fez o segundo:

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/hgYVYsqignP0NJ4ObbZM/mov/1

O terceiro…

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/J98yCpDOUoun9nTeozPU/mov/1

E o quarto:

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/SpAnDqhOkZF6zhlOqV9j/mov/1

Para memória futura um escandaloso fora-do-jogo assinalado quando o jogo estava ainda a zero:

http://rd3.videos.sapo.pt/play?file=http://rd3.videos.sapo.pt/jr700rwg8jdoNzmu41kn/mov/1

Jesus acaba de assumir que amanhã vai puxar pelo Sporting! Gosto desta sinceridades, a que me associo!

Isto não é sobre futebol

Logo há um jogo Sporting – Benfica. Conta para quê? É de que campeonato? E o jogo de ontem? Conta? É para o campeonato, para a Liga ou para a Taça?

É uma imensa baralhada, tudo metido em cima uns dos outros , ninguém faz ideia nenhuma do que se trata, não contentes antecipam jogos, o Benfica vai à frente mas ao Braga falta-lhe um jogo, é assim ou ao contrário?

Estes dirigentes deviam ter um bocadinho de profissionalismo, ajudarem à organização, mas como decretaram férias em Dezembro ( quando em Inglaterra fazem uma festa, um hino ao futebol) agora atafulham tudo, tudo à martelada, vem aí o Campeonato do Mundo descobriram que a selecção pouco tempo tem para se preparar depois da bagunça ter terminado.

Não há mérito, não há profissionalismo, não há vergonha! E se fossem para casa e dessem o lugar a outros, a quem tenha só um emprego?

Outra saída é andarem à batatada uns com os outros como o seleccionador já deu o exemplo. Pode ser que sobrem uns quantos com pouca vontade de andarem a brincar com quem gosta de futebol!

Pedofilia, Guilhermina, Constâncio

As três palavras deste título, não têm nada a ver umas com as outras. Constituem, apenas, os marcadores de três notícias que mais uma vez me deram a volta ao estômago, aquando do meu cafezinho da manhã e da habitual leitura do jornal.

 1ª – Mais um violento murro no estômago. Pedofilia. Desta feita na Alemanha. Mais uma goleada da igreja católica neste campeonato. O chefe da ordem dos jesuítas, Stefan Dartmann, veio confirmar os abusos sexuais de crianças no Liceu Canisius em Berlim, notícia corroborada por Klaus Mertes, reitor deste mesmo liceu. Mas Stefan Dartmann diz que o mesmo se passa em colégios como os de Goettingen, Hildesheim, e também colégios da Espanha e do Chile. Mas existem outros colégios denunciados, como o de Sankt Ansgar em Hamburgo e o de Blasien no sul da Alemanha. E o que mais se imaginará. De facto, assim na frente do campeonato, a igreja católica está a um passo de ser a instituição mais pedófila do mundo.

 2ª – Mais uma vez um acentuado refluxo gastro-esofágico, carregado de azia e náusea. Nem o café me acalma. Guilhermina, professora de Ética, suspeita de pertencer a uma rede de corrupção de alto gabarito, na área da sucata, com grave lesão das finanças do Estado. Pelo que vejo, eu penso que deve haver pessoas com especial propensão para se identificarem profundamente com a sucata.

 3ª – Além da azia, uma comichão de carácter alérgico, à volta da garganta e não só, quando vejo o Sr. Constâncio, a quem eu e os outros portugueses pagamos 17000 euros mensais, fora as gorjas, não fazer outra coisa senão surpreender-se. Sempre surpreendido. Com as falcatruas do Banco X, do Banco Y, do Banco Z, com as contas, com o défice, com o futuro! A vítima das emboscadas. Sempre com aquele ar de menino de coro, saído do cabide, deram-lhe o título de governador, mas alguém já o viu governar o que quer que fosse?

 E por hoje basta! Não leio nem ouço mais nada. Vou tomar um antiácido.

Benfica, Portugal, Braga e Franco Jara

O Benfica ganhou mais um jogo. Este ano é normal, principalmente na Luz. Anormal é o percurso do Braga mas, se assim não fosse, o campeonato tinha menos interesse. Portugal é vice-campeão europeu de futsal. Já faltou mais para ser campeão. Ah, é verdade, sabe quem é Franco Jara? Nós sabemos, veja aqui.

Arsenal de Braga

O Braga ganhou o solstício do Inverno.

Em primeiro lugar desde a 1ª jornada.

domingos paciencia

Estou a gostar deste campeonato.

O pai natal é do benfica, já sabíamos, assim até dá mais gozo

Nomear o Calabote Baptista para o joguito de Domingo, somado a um campo onde, viu-se agora, passou um cortador de relva tipo manada muito certinha de elefantes pelo corredor central, é típico da época e da boçalidade do actual treinador do clube que disputa o campeonato lisboeta.

Na falta de melhor são sempre formas de criar à partida alguma igualdade entre as equipas, num jogo pós Di Maria, e já agora que se despediu com um golo com letra no alfabeto gostei de ver este puto jogar por cá, antes de ser vendido a baixo preço sabe-se lá para que campeonato.

Alguns milhões de portugueses alimentam assim veleidades, devaneios,  a esperança que falecerá antes do peru e do bacalhau que se queria seco ao sol, antes da demolha e cozedura solsticial.

Não havia necessidade, que o Sport Lisboa leva esta temporada bom avanço sobre o outro Sport. Nem a há, porque o ano civil vai passar com o grande Braga à frente, e o FCP a ter de pensar se este até não será um bom ano para ganhar a 3ª Liga dos Campeões, e deixar-se ficar no 2º lugar local. Tanto o actual treinador como o próximo o merecem.

Feitas as contas, o hexa batia a seguir certinho com a reposição da verdade estatística (quem ganhou mais campeonatos) e histórica (quem os mereceu) no futebol lusitano, como dizem os gajos que ainda pensam que o Viriato era pastor e português. E que tudo decorra com tranquilidade, normalidade, e Paulo Bento volta como comentador de jogos, já temos saudades tuas, a sério, ouvir-te hoje em dia com o Jesus de goela aberta é um poema.