Rui Pedro Braz no país da corrupção e do tráfico de influências

Rui Pedro Brás, que tem um curioso vinculo contratual com o SL Benfica, apesar de ser apresentado ao grande público como um comentador isento, brindou-nos com este belo momento de televisão. É triste, causa vergonha alheia, mas não diz mentira nenhuma. E sempre ficamos a saber que este adepto e colaborador do emblema lisboeta não consegue levar certas coisas em tempo útil sem ter que pedir um favor a alguém. “É a forma das coisas funcionarem”, remata. Há coisas fantásticas, não há?

Luís Filipe Vieira e Rui Rangel constituídos arguidos

LFV

Fotografia: Pedro Cunha@Público

A manhã de hoje fica marcada pelas buscas da Polícia Judiciária à casa e gabinete do juiz desembargador Rui Rangel, antigo candidato à presidência do SL Benfica, bem como à casa de Luís Filipe Vieira e às instalações da Benfica SAD. Ambos foram constituídos arguidos, estando em causa “suspeitas de crimes de recebimento indevido de vantagem, ou eventualmente de corrupção, de branqueamento de capitais, tráfico de influência e de fraude fiscal“, e foram também detidas cinco pessoas, no âmbito desta operação conjunta da PJ e do Ministério Público. [Read more…]

Sérgio Azevedo, o deputado que usa o email do Parlamento para informar comentadores do Benfica

Fotografia@Mário Cruz/Lusa@ECO

Causou polémica o recente caso dos bilhetes pedidos por Mário Centeno ao SL Benfica, com insinuações à mistura que apontavam para um alegado favorecimento dos filhos de Luís Filipe Vieira por parte do Ministério das Finanças. O tema não passou despercebido e foi alvo de várias manchetes nos principais órgãos de comunicação social do país.

Posteriormente, veio à tona um conjunto de emails, que demonstram que um deputado da nação, Sérgio Azevedo (PSD), usa o seu email parlamentar para informar personalidades ligadas ao Benfica, como o comentador Pedro Guerra e o jornalista Hélder Conduto, sobre temas como a transladação do corpo de Eusébio para o Panteão Nacional, um relatório dos delegados da LPF do jogo Sporting – Gil Vicente, que deu origem a um processo disciplinar contra o presidente do Sporting, ou a isenção de taxas municipais ao clube da Luz (Sérgio Azevedo é também deputado municipal em Lisboa), tema sobre o qual partilhou o parecer de Helena Roseta e se comprometeu a enviar o parecer jurídico da CM de Lisboa para Pedro Guerra. Importa referir que o Benfica acabou por beneficiar de uma isenção no valor de 1,8 milhões de euros. [Read more…]

Os bilhetes de Centeno, o IMI dos Vieiras e o Correio da Manhã

Fotografia: Pedro Rocha@O Jogo

Aparentemente, Mário Centeno fez aquilo que a esmagadora maioria dos deputados, secretários de Estado, ministros e outros altos oficiais da República que gostam de ir à bola fazem constantemente: pediu bilhetes para um jogo de futebol. A forma moralista como tal facto foi abordado por alguma imprensa deixou-me a pensar se quem escreveu aquelas coisas vê futebol. Porque se vê, estará com certeza familiarizado com as imagens dos camarotes presidenciais dos três grandes, onde é frequente a presença de figuras do topo da pirâmide do poder. Qual é mesmo a novidade?

[Read more…]

O Benfica e a mentalidade de gangue da favela

A propósito do escândalo dos emails, e em reacção às mais recentes declarações de Francisco J. Marques, o Benfica reagiu, lamentando a “mentalidade de gangue de favela”. Falamos do mesmo Benfica cujas claques são ilegais, claques ilegais essas que, recentemente, após um Benfica-Sporting, mostraram ter gente capaz de montar emboscadas e assassinar um adepto da equipa adversária. Como os gangues das favelas. [Read more…]

O novo caso Calheiros

O derradeiro truque pré-clássico anti-FC Porto

Nunca ouviste aquela história d’O Jogo estar para o FC Porto como A Bola está para o SL Benfica? Ora aqui está um belo exemplo de como a comparação não podia ser mais certeira. Só falta encontrar um título semelhante n’A Bola, em dia que tenha antecedido um clássico, de preferência nas Antas ou no Dragão, a descontextualizar declarações e a levantar suspeitas sobre Luís Filipe Vieira. Aposto que não será difícil, ou não fossem A Bola e O Jogo igualmente doentes pelos clubes que alegadamente protegem. [Read more…]

A saga continua!

Este também morreu na praia.

O prometido é devido

ng2584853

Prometi que daria os parabéns aos jogadores e técnicos do Benfica se fossem campeões europeus em hóquei em patins.

Normalmente, cumpro o que prometo. Não sou político. Faço-o como desportista, que me prezo de ser; faço-o em nome da honra, que os atletas do SLB conquistaram; faço-o em nome daqueles que não aceitaram a decisão zarolha de uns tantos que queriam conspurcar, mais uma vez, o desporto.

Luís Sénica é um treinador que admiro, avesso a protagonismos baratos. Ele construiu a única equipa capaz de se bater com o FC Porto, o que tem feito, não com o sucesso todo, mas com alguns momentos de sofrimento que tem causado aos portistas. E conseguiu, sobretudo, que os seus atletas respeitassem o grande rival, porque o morder os calcanhares, paulatinamente, ao grande rival é uma forma de o ir desgastando. Luís Sénica soube conquistar o respeito de quase todos, para além das querelas clubísticas.

O Benfica venceu, ontem, o FC Porto, no prolongamento, com um golo de oiro e é rei na Europa. Para os lisboetas, foi a primeira; para o FC Porto, seria a terceira vitória europeia numa final. Por tudo o que o Benfica tem dado ao hóquei português, que está bem ao nível desportivo, como disse Sénica, mereceu, finalmente, a coroa. Até porque o jogo, durinho quanto baste, foi jogado com extremo respeito por uma e outra equipa. E os jogadores até souberam resistir à tentação de provocar o adversário. E o FC Porto foi igualmente digno na forma como aceitou a vitória do eterno rival, aguardando em rinque para dar os parabéns ao vencedor.

Ainda bem que a futebolização não atingiu os intérpretes do jogo desta final.

É tempo de se ressuscitar um velho espírito do hóquei em patins, modalidade em que passei alguns dos momentos altos de socialização com o adversário, quer na Luz quer em Alvalade, mau grado os excessos de sempre por parte dalguns grupos organizados para confundir desporto com outra coisa menor, que nada tem a ver com o respeito exigido por aqueles que suam as camisolas em campo.

Parabéns, por isso, aos vencedores, ainda que equipando de vermelho e com a águia ao peito (ontem, equiparam de negro), pelos atletas que tem, pela equipa técnica que tem.

Parabéns aos atletas do FC Porto por terem honrado a vitória do adversário.

Foi bonito!

Foto: “roubada a “O Jogo”

Afinal, há final

Afinal, às 17h00, no Dragão Caixa, haverá final da Taça dos Campeões Europeus de hóquei em patins.

Não, não foi o bom senso, foi a “honra dos atletas” e foram “as condições parcialmente satisfeitas” que ditaram o volte-face dos responsáveis do Benfica para se apresentarem a jogo. Foram os atletas que se impuseram, porque foram eles que suaram e deram tudo para estar na final.

Salve-se o desporto, que o dirigismo está a precisar de limpeza.

O combustível que alimentou a reunião dos líderes com poder para, alegadamente, decidir sobre o jogo estava marado!

Haja Deus!

PS. Em momento de segredo, se o Benfica vencer a final, eu vou aplaudir. Porque, como dizia antes, os atletas ainda são a melhor coisa do desporto. A única limpa!

Em nome de quê?

ng7C4BF980-13C5-4F8E-9610-88084BF7CB0D

É o Benfica no seu melhor. Em nome da transparência, do respeito – pelo público, por todos aqueles que gostam de hóquei em patins. Maxime, pelos atletas que ontem fizeram tudo para estarem na final com merecimento.

Eu até posso compreender que quem, como eu, viu na televisão – onde os pormenores são mais evidentes – os atletas do Benfica, tenha ficado com a certeza de que a equipa lisboeta acabou presa por arames um jogo morno, ainda que emotivo pelo resultado.

Quem, como eu, viu a velocidade da meia-final entre os italianos e a equipa do FC Porto, ficou igualmente com a certeza de que quem defrontasse os portistas na final se sujeitava a um resultado catastrófico. A diferença foi abissal entre um e outro jogo das meias-finais. [Read more…]

Faço-o aqui…

Quero dedicar este título ao Rui Gomes da Silva.

A provocação final

Porque sou (tri)campeão, e surripiando do facebook.

Então, era este…

… Que o Benfica queria roubar ao Porto?!

Plágio

263366_10200572375564542_722452219_n