Visca el Barça


O futebol é essencialmente um desporto colectivo, potenciado pelos valores individuais que por vezes conseguem fazer grandes equipas. Mas também há quem aposte tudo na conquista de troféus individuais, mais adequadas a desportos como atletismo ou natação. Hoje o Barça venceu “el clássico” mostrando todo o seu potencial, com as suas individualidades humildemente ao serviço da equipa…

O rolo compressor do Bayern, a desgraça de Arsène Wenger e um par de notas sobre uma jornada de Champions quase perfeita

Uma 2ª parte de sonho para a equipa de Carlo Ancelotti permitiu ao Bayern despachar mais uma vez o Arsenal (o Bayern é efectivamente a besta negra de Arsène Wenger nas competições europeias) e garantiu uma viagem tranquila a Londres para o jogo da 2ª mão daqui a 15 dias. Com um futebol demolidor, o golo do polaco teve o dom de desbravar caminho a uma goleada muito trabalhada, num jogo muito difícil para os bávaros no primeiro tempo em virtude da pressão alta executada e do prático futebol demonstrado pelos gunners.

[Read more…]

die besten

creio profundamente que é recorrente no mundo do futebol a história repetir-se constantemente. não sendo simpatizante de nenhum dos clubes presentes na contenda (sou fã do athletic de bilbao), tinha um post preparadinho na cabeça caso Diego Simeone e o Atlético de Madrid tivessem vencido a Liga dos Campeões. tenho como seguro que o trabalho que o argentino fez durante esta época no Vicente Calderón será alvo de estudo dentro de alguns anos. o seu a seu tempo, aqui no aventar. não tendo os colchoneros feito a festa em Lisboa, respeito os vencedores bem como todos os pobres tugas que hoje manifestam regozijo pela vitória de um falso “símbolo de portugalidade” que não é mais que um agremiador de dinheiro (uma máquina de dinheiro) outrora usado pelo estado espanhol como um projector de poder e um instrumento de controlo social. [Read more…]

Real Madrid

Num minuto se ganha, num minuto se perde. Ou a dois minutos do fim, que foi quando o Atlético perdeu, quando o Real empatou. O que se passou a seguir foi o prolongamento desse prenúncio.

Mourinho e Ronaldo: um mal-entendido

ronaldo mou

http://bit.ly/15zY6Yw

Tive apenas um problema com ele [Cristiano Ronaldo], quando o critiquei do ponto de vista tático, tentando melhorar o que, na minha opinião, podia ser melhorado. Não o aceitou muito bem porque pensa que sabe tudo e que um treinador não o pode ajudar a crescer mais

José Mourinho

É compreensível que Ronaldo não tenha aceitado “muito bem” a crítica. Aliás, nem deve ter percebido aquilo a que Mourinho se referia. Provavelmente, Ronaldo não terá escutado com atenção as críticas do treinador ou tê-las-á treslido, pensando que este o estava a criticar de forma implícita. Isto é, “quando o critiquei do ponto de vista tácito“. Afinal, depois de descodificada, a mensagem de Mourinho é clara e a crítica foi feita “do ponto de vista táctico. Está tudo explicado. Em ortografia portuguesa europeia — ou através de outros recursos — nos vamos entendendo.

Mourinho vai para o Chelsea?

A ser verdade a notícia, duvido!

Com Aznar, ganhava o Real Madrid

Com Zapatero, o Barcelona. E com Rajoy, os alemães.

(Circula pelo twitter, mas já se perdeu o rasto ao autor)

Futebol: Barcelona e Real Madrid no jogo de um planeta

Um jogo de futebol entre o Barcelona e o Real Madrid é mais do que um jogo entre dois clubes de futebol e não é só de um confronto entre duas regiões de Espanha que se trata. É muito mais que isso.

É o jogo de futebol do planeta Terra, se calhar de todo o Universo, quem sabe…

Isto tudo para vos deixar a ligação para os cinco golos desta noite.

A língua castelhana também é (ibericamente) muito traiçoeira

El Real Madrid pone el broche perfecto a la Liga con 100 puntos.

Real Madrid, Mourinho, Cristiano Ronaldo e Companhia: “Cem ESPinhas”

O Real Madrid ganhou o título Espanhol batendo todos os recordes. São 100 os pontos conseguidos e 121 os golos marcados.

Já todos sabiam que Mourinho é o melhor do mundo. E como atleta, Cristiano Ronaldo está também ao nível de Mourinho, ainda que tenha marcado menos golos que Messi. Mas fez uma outra coisa verdadeiramente espantosa: marcou a todas as equipas do campeonato.

Para ser honesto, durante muito tempo defendi a tese que só havia um clube onde eu queria ver o Mourinho para ele me convencer que era o melhor – o Real Madrid.

Ao ganhar assim, estou convencido. Mourinho é o melhor do Mundo.

Real Madrid, MOUrinho, CR7, Coentrão e Carvalho campeões em Espanha

Está feito! Mourinho ganha mais um título apesar do MESSI não parar de marcar golos.

O chapéu que o Messi fez depois de marcar duas penalidades é fabuloso e vale a pena ver. Mas para memória futura fica a vitória do Real com mais um golo do Cristiano Ronaldo.

Pepe será militante do PSD: Relvas és o senhor que se segue

Este tipo tem a escola toda! “Se mexer, leva!”

Vai daí pensei em arranjar um cartão de militante do PSD ao Pepe. Assim, como assim, já sabe o hino, ainda que na versão com samba.

Quando o Relvas abrir a boca para dizer mais uma parvoíce, manda-se uma mensagem ao bobi e ao tareco e eis que numa entrada de carrinho, a pés juntos, temos o Relvas, no soalho, com as duas pernas partidas ou até quem sabe com uma distensão muscular na ponta do nariz. Com um jeitinho, ainda sobra uma cotovelada para o Coelho.

A vontade de agredir é tanta que, no jogo de ontem contra o Valência, PEPE agrediu um colega do Real Madrid (com  um 7 na camisola). Terá sido o Cristiano Ronaldo a vítima?

Veja com os seus próprios olhos:

[youtube:http://youtu.be/kauFdeh0mRI]

O agredido ainda teve forças para se rir da situação.

Onde ver o jogo da Champions com mais portugueses a jogar?

Rui Curado Silva, pode ser na Taberninha, Praça Velha dita do Comércio, em Coimbra, é claro.

A malta da Académica continua a achar que onde há nacionais, há bom futebol.

Cristiano Ronaldo Acelera no Aventar

Cristiano Ronaldo, Aventador

Cristiano Ronaldo, Aventador - Lamborghini Aventador LP 700-4 (imagem do Jornal Marca)

Mais ou menos…

Em primeira mão o Aventar deu a notícia: Cristiano Ronaldo também aventa.

Agora é do conhecimento de todos – dez pontos à frente do Barcelona, os golos do Cristiano Ronaldo chegam de Lamborghini! Vamos ver quantos marca ao Levante !Foram SÓ 3!  Ao volante deste fantástico carro Cristiano Ronaldo conduz o Special one até ao título, que vai ser histórico: perde os jogos todos com o Barcelona e é campeão!

Tu queres ver?!

Ronaldo e Iniesta podem casar no mesmo dia

Uma leitura apressada de determinados títulos pode levar à ligeireza de insinuações, ainda para mais tendo em conta as loas que Cristiano Ronaldo teceu recentemente à sua própria beleza, numa atitude considerada pouco máscula em determinados círculos. Parece, aliás, que os responsáveis pela Liga Espanhola estão a pensar incluir passerelles no acesso ao relvado e não será estranho assistir à entrega do ceptro e da coroa ao nosso madeirense madrileno, que poderá chorar, ao mesmo tempo que louva a paz no mundo, atirando beijos com a mão enluvada de rendas brancas.

A leitura da notícia, cujo conteúdo é precioso para a vida de todos aqueles que prezam a informação útil, desmente qualquer maledicência ou dúvida forçada acerca da sexualidade dos dois craques rivais, mas não deixa de ser curioso imaginar que a legalização do casamento homossexual venha a juntar matrimonialmente dois jogadores de clubes inimigos que, uma vez em casa, poderão dedicar-se a entradas de pés juntos, dando um novo enquadramento ao conceito de violência doméstica ou conferindo um sabor diferente a uma relação sadomasoquista.

The famous five

thre famous five ´

Três pode ser número divido mas é o cinco que está na moda. Que o diga a Irlanda.

Barcelona (FCP) 5 – A. Madrid (SLB) 0, sim são golos e não só

Há uma comunidade ibérica nestes resultados, toda uma península que diz no relvado: gastais mais, e perdeis ainda por mais.

Feliz e contente, lembro aos nacionalistas de trazer por casa que cada um ganha a vida onde melhor lhe pagam, mas antes disso há causas.

E não é por causa de quatro emigrantes portugueses que se muda um afecto.

Não mudei o meu. Tomai lá mais 5, falangistas madrilenos.

Tudo sobre o biscate de José Mourinho na selecção nacional

Querem saber o que é que eu acho desta coisa do Mourinho treinar a selecção em jeito de biscate? Não? Mas eu digo na mesma, que é para isso que a administração deste blogue me paga.

Jose_mourinho_real_madrid_1709

Mourinho sentiu depressa a pressão de ser treinador do Real Madrid, que não é a mesma coisa que treinar o Chelsea ou o Inter de Milão. Nos últimos dias enviou um recado para ‘dentro’ ao pedir “tempo” ao presidente do clube. Recentemente tinha dito que, em caso de emergência, estaria disponível a ajudar a selecção.

Gilberto Madaíl pensou ou disseram-lhe que esta sim, seria a solução ideal para os próximos tempos. Não hé tempo a perder. Há jogos a caminho e em breve haverá eleições e há aquela trapalhada da utilidade pública a tratar e não se pode falhar na escolha do novo seleccionador e…

Vai daí aborda o mais relevante treinador do mundo. Noutras circunstâncias, Mourinho tinha mandado Madaíl dar uma volta ao estádio nacional. Mas, neste momento, deu jeito. Que sim, está disponível, e a custo zero. Até paga a gasolina das deslocações. O problema é o Real. Madaíl saí de Madrid sem falar com o rei do Real, que diz nada saber. Mourinho admite que será difícil. Há a pressão dos adeptos, dos dirigentes. Nada fácil.

Se nos próximos dias houver acordo entre a FPF e o Real, porreiro. Mourinho aceita o biscate. Se não houver, porreiro na mesma. Fica como um héroi, disponível para ajudar nos momentos difíceis. Madaíl fica com o menino nas mãos, mas, enfim, sempre pode chamar o piloto automático.

One million euros, Jesus?

Os dinheiros investidos no futebol, dos estádios às remunerações de jogadores, treinadores e dirigentes, transformaram-se em tamanha afronta que levaram a alhear-me do chamado desporto-rei. Verdade se diga que, pelo sórdido amor das claques à violência, também perdeu para mim o estatuto de espectáculo competitivo saudável, de prazer colectivo.

Por mera coincidência, a última semana ofereceu-me duas notícias futebolísticas agradáveis. A primeira refere-se à impossibilidade de Jesus ser premiado com um milhão de euros pela vitória na Liga Europa – ver jornal “i”: One million euros, Jesus? No, Anfield Road said. A segunda notícia foi a derrota da equipa mais cara do planeta, o Real Madrid, no Santiago Bernabeu, por 2-0 diante do Barcelona. Ambas são derrotas de dinheiros imerecidos, como seriam as do Liverpool e do Barcelona. Só que, infelizmente, não poderiam ter perdido os quatro em simultâneo.

Sei que muito, muito, muito mais havia de suceder para que os investimentos no futebol fossem relativizados tendo em conta os problemas sociais existentes – Portugal, segundo Eurostat, tem 18% de pobres entre a sua população; por sua vez, Espanha conta com 20% de taxa de desemprego.

A própria África do Sul, ainda que a realização do ‘Mundial de 2010’ esteja ameaçada politicamente, teria, com toda a certeza, outras prioridades no investimento em infra-estruturas sociais e económicas à frente do futebol. Como, de resto, sucedeu com Portugal no ‘Europeu de 2004’, com os famigerados dez estádios.

Gostar de futebol sim, mas vamos com calma.

Mkt BRUTAL!!!

Faltam 421 dias para o Fim do Mundo:

Nestes dias surpreende a violência. Gratuita, estranha, estúpida. Da mesma forma, sempre se disse que o diabo está nos detalhes e, pelos vistos, no Vaticano. Ao mesmo tempo, a crise agrava-se por terras lusas mas está forte em Madrid, com Florentino a querer abrir os cordões à bolsa enquanto a mulher de Kaká prefere fazer justiça pelas próprias mãos.

Nada como a senhora deputada/cantora/actriz para nos oferecer novas definições de mentira/aldrabice/peta. E Marcelo nos dar um novo tema para amplo debate na blogosfera enquanto outros se assumem rumo às directas.

Assim vai o nosso Mundo…