Os manifestos dos 28, 52 e 26 dizem o mesmo!

Há muita poeira levantada no sentido de se querer mostrar que há graves diferenças de opinião entre os manifestos sobre os Megaprojectos!

Mas não há! Todos dizem, basicamente, que se houvesse dinheiro, se não estivessemos mergulhados nesta crise, e se o quadro macro da economia e finanças públicas fosse outro, os projectos não levantariam as dúvidas que conhecemos.

E todos dizem que há prioridades que devem ser tidas em conta, como sejam os projectos que criam emprego a curto prazo, que não sugam as mesmas enormes quantidades de dinheiro, que não exigem a importação de tecnologia que não temos e que se dirijam para as PMEs exportadoras.

Todos os manifestos dizem isto, no essencial. O governo, avisadamente, e porque percebeu que não são só os economistas e “cientistas sociais” que pensam assim, que a opinião pública tem “colada” a imagem deste governo de braço dado com os Bancos e os grandes grupos económicos, recuou!

Há sempre quem seja mais ” sócrates que o próprio Sócrates” que descobrem agora que há economistas do primeiro manifesto que estiveram contra a primeira ponte, de nada lhes interessando em que quadro isso ocorreu.

Mas se havia dúvidas, muitas dúvidas, dentro do próprio governo que os megaprojectos eram a resposta eficaz no quadro economico-financeiro em que estamos, as suas recentes posições quanto aos mesmos e quanto às PMEs são disso prova concludente!

Só não vê quem acha que o Primeiro Ministro é tão obtuso que vai perder as legislativas “por ser um animal feroz”.

Neste momento, nenhum dos megaprojectos avança antes das eleições, o que quer dizer que não avançará nos próximos três anos! No mínimo!

Comments

  1. maria monteiro says:

    http://www.governo.gov.ptPortugal está a colocar-se na dianteira das energias renováveis 2009-07-10 O Primeiro-Ministro inaugurou uma fábrica de espelhos parabólicos para centrais termo-solares, do grupo Saint-Gobain, na Póvoa de Santa Iria, no concelho de Vila Franca de Xira, em 10 de Julho. José Sócrates sublinhou a importância vital da energia, que é «o motor da mudança em todo o Mundo», acrescentando que «o segredo está em tomar a dianteira e a liderança dessa mudança», como Portugal está a fazer, sendo já «dos países que mais produz energias renováveis».A nova fábrica Covilis, com um investimento de 20 milhões de euros «é a maior fábrica de espelhos parabólicos para campos termo-solares do Mundo. É também a mais eficiente e a mais avançada», sendo «um bom exemplo por dois motivos»: vai permitir aumentar as exportações, uma vez que quase toda a produção se destina aos mercados externos, em particular Espanha, Estados Unidos e Magrebe, e vai «contribuir para que possamos ter mais autonomia na área da energia». É, ainda, uma «das empresas mais capazes de competir no mercado global». O PM afirmou que «o mundo não vai aceitar que continuemos na senda do aquecimento global, pondo em risco a segurança ambiental do planeta. Tenho a absoluta certeza que iremos alcançar um acordo mundial para reduzir os gases com efeito de estufa», objectivo que se alcança «produzindo mais energia com base nas energias renováveis». «São estes investimentos que vão fazer a mudança no futuro», colocando Portugal «na linha da frente, na vanguarda tecnológica», acrescentou.Para isto, «criámos no País um cluster industrial que é fundamental para a dinamização da economia», citando os projectos de produção de painéis fotovoltaicos na Qimonda Solar, o fabrico de aerogeradores e torres eólicas da Enercon e a existência do maior campo de energia fotovoltaica do Mundo, em Mora. Por outro lado, a aposta nas energias renováveis tem como objectivo «libertar Portugal da dependência externa do petróleo», sendo também «a melhor forma para combater o endividamento e a dependência externa e de aumentar a independência face ao exterior», disse ainda José Sócrates. «Já vivemos três choques petrolíferos e o terceiro foi há bem pouco tempo. Eu não quero que o meu País passe pelo terceiro e fique tudo na mesma». -*-*-*-mas… como há sempre um mas, também…Indústria: Futuro incerto para trabalhadores da Saint-Gobain 10-Jul-2009 Cerca de 20 trabalhadores da Saint-Gobain Glass Portugal, em processo de “lay-off”, concentraram-se hoje à porta da nova fábrica do mesmo grupo, exigindo uma resposta do Governo sobre o futuro da unidade. O grupo Saint-Gobain inaugurou hoje na Póvoa de Santa Iria uma fábrica de espelhos parabólicos para centrais termosolares. Localizada a poucos quilómetros desta unidade, a Saint-Gobain Glass está desde Maio em “lay-off”, mas os trabalhadores esperam que o início da laboração da nova fábrica do grupo tenha “reflexos positivos” nesta empresa. O dirigente do Sindicato dos Trabalhadores da Indústria Vidreira, Rui Braga, salientou que a Saint-Gobain Glass é “a única empresa que produz chapa de vidro plano em Portugal”.

  2. Adalberto Mar says:

    MARIA ESTE TEU ARTIGO FEZ-ME DECIDIR!! ESTAVA NO PAREPEITO DO 19º ANDAR A DECIDIR SE VALERIA ATIRAR-ME OU CONTINUAR CÁ E DECIDI QUE APOS ESTE ARTIGO ATIRO-ME E DE CABEÇA! ABRAÇO

  3. maria monteiro says:

    “A”, quem anda triste porque já não sabe como ajudar 63 pessoas que têm o presente e o futuro todo cheio de interrogações sou eu

  4. Adalberto Mar says:

    olhe querida parece que a «onda» é pior que a gripe..é de loucos..só mesmo a Jacques&Ca é que anda feliz nas festas dela!!!!

  5. Adalberto Mar says:

    Havia uma mensagem tão gira para o Luis duma amiga que se divorciou aqui emMiramar, perto e o R tirou..acho que me vou mesmo CHATIAR DE VEZ!!

  6. Adalberto Mar says:

    DEVEZ!


  7. Isto não é um artigo. É um comentário.Há uma diferença.

  8. Adalberto Mar says:

    Olhe para nao ficar triSte tome esta musica…é a unica que gosto deles…vai adorar… vou comer algo nao fui ao zoom nao vou ao pAlacio nem a lado algum nao comi hoje nem quero VER NINGUEM estou CoMO que se diz À moda no norte ‘f…..’mas vou comer pudim de ovos que ali tenho e sopa d e legumes que uma das minhas duas empregadas me fez, e nao vou ao zoom..QUERIA ERA UMA DAS BOMAS ALI DO ZE FREITAS QUE CAISSE E NO CENTRO DO PAIS DUAS ALIAS ..AH E FINALMENTE VAI ME VER AMANHÃ,JEJEJEJ…..ESTOU TAO GIRO ALI EM MADRID TIPO «AH LEÂÕ»!! JEJEJE ..SAI AMANHA…http://www.youtube.com/watch?v=O60kvW1dyCw

  9. Adalberto Mar says:

    EU JA NAO O COMPRRENDO MAIS!