Já não se fazem palestinianos como antigamente

Longe vão os tempos em que tudo o que era americano era para abater. Ontem, Donald Trump conseguiu a proeza de ter uma tarja de boas-vindas à entrada da Cisjordânia, a referir-se ao troglodita como um homem de paz. Está tudo doido.

Foto: Mandel Ngan/AFP

Israel prepara-se para anexar mais terreno na Cisjordânia

e destruir estruturas construídas pela UE. Nem um estado, nem dois estados, nem palestinianos, parece ser esse o objectivo.

Estás a ver, Assunção?

Carrascos são estes. Por exemplo.

Israel legaliza três colonatos na Cisjordânia

Como podem legalizar alguma coisa se ocupam ilegalmente grande parte da Cisjordânia?

Stay Classy Israel!

Contra inquérito à construção de novos colonatos – Israel corta relações com o Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas.

Ganhar os corações e as mentes dos palestinianos – Ao estilo de Israel

Israel está a planear destruir os painéis solares “ilegais” que os palestinianos utilizam nas suas casas na Cisjordânia (ou melhor, nos 62% da Cisjordânia ocupados por Israel).

Leia a história no The Guardian, em inglês.

Negociações de paz?

Às vezes, a paz só atrapalha.