Coisas que se encontram no facebook…

10259801_10201978725899119_3271379351402416308_n

Falta de hábito

marques pombal vandalismo

O facto de um 29 de Fevereiro só ocorrer de 4 em 4 anos explica porque quem calhou nascer nesse dia não saiba muito bem como comemorar o seu aniversários nos intervalos. Os bem-humorados sempre se gabam por envelhecerem menos.

Clubes bissextos têm adeptos sem hábitos de vitória, e as consequências estão à vista. Nem sequer reparam no ridículo de acharem que ganharam um campeonato, quando o que sucedeu é que houve quem o tenha, por sua exclusiva culpa, perdido. Tristezas de um clube do anterior regime, que Abril relegou para o plano secundário que bem lhe fica e bem merece.

O fato de ser canhoto

Sim, exactamente, leram bem: o fato de ser canhoto. Agradeço imenso a sugestão (“Leia mais na edição digital ou na edição impressa de A BOLA”), mas “o fato de ser canhoto” chega-me perfeitamente.

fato canhoto

*Contatado pelo Expresso / o Expresso tentou *contatar

Não, o Expresso não adopta o Acordo Ortográfico de 1990 e o anúncio feito no editorial de 26 de Junho de 2010 foi areia atirada aos olhos dos leitores. Sim, em 2010. Aquilo que o Expresso adopta é isto. Sem mais comentários. Desejo-vos um óptimo fim-de-semana.

contat

 

A grafia Schweinstnegger e o Record

O Record decidiu atribuir importância a uma amálgama de Edson Arantes do NascimentoSchweinsteiger & Schwarznegger → Schweinstnegger. É pena que o pioneiro Record – sim, se bem se lembram, já lá vão cinco anos (cf. Emiliano, 2009, p. 4) – ande tão preocupado com um lapso de Pelé e tão indiferente à mixórdia adoptada nos textos que publica.

Repare-se quer neste belo e recente exemplar de grafia Schwarzenegger

amalga1

quer nestoutro exemplar (dos tempos do pioneirismo) de grafia Schweinsteiger

amalga2

quer neste fresquíssimo e emblemático exemplar de grafia Schweinstnegger

amalga5

À segunda-feira, cultivo o doloroso hábito de ler o Diário da República. Ontem, por mero acaso, reparei em [Ler mais ...]

Jackson Martinez, avançado do FC Porto, realçou o fato

Ontem, ao chegar de Alkmaar, onde saboreei deliciosa e gloriosa vitória, fiquei a saber, através do jornal A Bola, que Jackson Martinez tinha realçado o fato.

abola

Desejo-vos um óptimo fim-de-semana.

Paulo Bento é o novo seleccionador do Brasil

Ajude Paulo Bento a escolher os 23 jogadores da seleção nacional”. Seleção? Sim: seleção.

Special three

Nem imaginam como quando vejo isto fico com vergonha de as minhas iniciais serem JJ. Raisparta quem baptizou este gajo.

A surpresa vem do Porto

vanessaNo campeonato nacional de voleibol feminino o Colégio do Rosário (Porto) está a ser a surpresa, que, em boa verdade era esperada.

Depois do fim da primeira fase, ficaram apurados para a fase final os dois finalistas da época passada – o Ribeirense (Açores) e o Leixões (Matosinhos) – o Belenenses (Lisboa) e o Colégio do Rosário (Porto).

Nesta fase as quatro equipas jogam todas contra todas, mas em jornadas duplas. Este fim-de-semana o Rosário venceu, em casa, os dois jogos contra o Ribeirense e o Leixões ganhou também ao Belenenses os dois jogos.

Faltam ainda seis jogos a cada equipa e por isso o espaço de manobra é pouco. O Rosário tem 28 pontos, mais 5 que o Rosário e mais onze que o Leixões. Assim, mesmo que o Leixões recupere 6 pontos (dois jogos em casa contra o Rosário) ficará a cinco e …

Contado que o Belenenses irá perder os seis jogos, a chave para a qualificação estará nos Açores onde o Leixões tem que ir ganhar  para ter alguma possibilidade de chegar à final.

Parece-me, no entanto, que a final está desenhada e por isso a minha aposta vai para um Ribeirense / Rosário.

A diferença entre ‘selecção’ e ‘seleção’

A selecção jogou com os Camarões. A seleção jogou com a África do Sul. 

Revelada a camisola oficial da selecção brasileira

 

Record diz-nos que foi “revelada a camisola oficial da Seleção [sic] para o Mundial“. Aparentemente, os jogadores da selecção brasileira passarão a envergar uma camisola igualzinha à dos colegas que jogam na selecção portuguesa. Sim, porque ‘selecção’ ≠ ‘seleção’.

 

Mensagem a Telma Monteiro, de novo campeã europeia de judo

telma monteiro

Presada Telma:
Tendo acabado de assistir à sua gloriosa (mais uma!) jornada de Varsóvia, vendo como fez voar a sua adversária, que ousou agarrá-la “pelos colarinhos”, confesso que, para além de aplaudir e a felicitar do coração, me ocorreram ideias patrióticas. Ao ver a bandeira nacional subir, pensei para comigo: o Passos Coelho ou o Cavaco não vão perder esta oportunidade. Vão querer condecorá-la!

Ora, querida Telma, se tal acontecer, ocorrerá um momento em que estará a centímetros de um destes senhores, os quais estarão a pregar-lhe uma medalha nos mesmíssimos colarinhos. Nesse momento, oh sim, nesse momento, lembre-se que sentimos que nos representa a todos, lembre-se do modo como venceu todos os combates do torneio. Lembre-se do golpe da vitória final. E faça aquilo que 90% dos seus concidadãos gostariam de fazer se estivessem no seu lugar. Se tem dúvidas, qualquer do nós, seus amigos e admiradores, terá muito prazer em fazer as devidas sugestões.

A bem da Nação.

Uma prenda

Francisco Assis

Francisco Assis está para a esquerda como Paulo Fonseca para os adversários do FC Porto: é um abono de família, ambos o querem como rival.

Na ânsia de ir buscar votos ao mítico centro, Seguro apresentou a pedido e no tempo da concorrência, o melhor adversário que João Ferreira e Marisa Matias podiam ter: defensor de blocos centrais, hábil em despistar-se com Clios,  um discípulo de Blair e outros cangalheiros da social-democracia europeia na economia.

Paulo Fonseca conseguiu ressuscitar um clássico do Rui Veloso:

Este espírito natalício em vésperas de entrudo, esta generosidade ímpar que segue a par, vai acabar mal, para o PS e para o FC Porto. Ora se o segundo caso me preocupa, o primeiro terá o que merece.

Ganhar em vários campos ao mesmo tempo

Paulo Fonseca é mesmo um discípulo de Jesus, o tal que consegue ganhar em 3 campos ao mesmo tempo. Afinal, era disto que ele falava…

Derrota para o FC do Porto? (II)

Calma, falta o recurso. Despachem-se. Queremos jogar à bola.

Selecção brasileira joga em Leiria

Cobertura do Estádio de Leiria será reparada antes de receber jogo da Seleção“. Sim, da Seleção.

Divino e Furioso

Segundo rezam as crónicas, o Divino e Furioso “não foi admoestado pelo árbitro da partida”. Enfim, o costume.

O Tractor conquistou a Taça do Irão

Sim, o Tractor. Exactamente, o Tractor, de Toni, o Grande.

Limpeza étnica no futebol suíço

Selecção Suiça

(Fonte: Extra3)

Ainda que por escassa diferença (50,3%), a Suiça disse este Domingo “Sim” à introdução de restrições à circulação de cidadãos da União Europeia no seu território. E enquanto a extrema-direita festeja e os dirigentes da União avisam que este uso “desregrado” da democracia terá consequências, o blog alemão Extra3 publica uma montagem daquilo que seria a selecção nacional suíça sem os seus imigrantes ou descendentes. O Mundial do Brasil estaria seriamente comprometido para o que restasse dos helvéticos. Em Portugal resolvia-se o problema com “vistos-talento”.

Derrota para o Benfica?

Pois, fica para a próxima. Lamentamos imenso.

Última hora: Benfica-Sporting

Comunicado em português europeu: “Protecção Civil”, “Projectista”, “factor”, “respectivo”, “espectáculo” e “11 de Fevereiro”.

O Sporting esclarece

Como Henrique Oliveira nos trouxe o artigo 94.º do Regulamento Disciplinar da Liga, vejamos qual a interpretação da parte interessada.

Derrota para o Benfica

Henrique Oliveira

ng3030169

Não foi por razões meteorológicas que o jogo deixou de se realizar.
Antes do jogo e à hora do jogo as condições meteorológicas não eram impeditivas de se realizar a partida. Os adeptos estavam normalmente nas bancadas, o aquecimento fez-se de forma regular, não chovia e nada fazia prever que houvesse impedimento para a realização do jogo.

Assim, o jogo apenas não se pôde realizar por falta de condições de segurança do estádio.

A questão está em saber se a o mau tempo que existia à hora do jogo era suficiente para em condições de normalidade fazer cair a cobertura do estádio.

A este propósito convém referir o seguinte: [Ler mais ...]

Há coisas muito estranhas no futebol

O jogo de futebol do Campeonato Distrital de Coimbra, entre o Vigor e o Poiares, acabou aos 65 minutos, depois de o árbitro ter expulso 6 jogadores do Vigor, num jogo que, segundo a Antena 1, “não foi nenhuma batalha campal”.
Segundo relatou na Antena 1, o Presidente do Vigor da Mocidade Clube de Coimbra, o “árbitro deve ser um psicopata”, pois segundo afirma, não houve qualquer problema no jogo e tudo não passou de “coisas” entre árbrito  e jogadores.
O futebol tem coisas muito estranhas!

Nota: Esta é a minha primeira colaboração como “Aventadora” e não como convidada.
E este post não significa que os “futebóis” sejam um dos meus temas de eleição, mas a este não consegui resistir pelo estranho e caricato da situação.

Eu também não marcava este penalti

Porque ficava com cara de espanto a olhar para o Gonçalo Paciência, e a adivinhar o que se está ali a fazer, dos melhores do mundo, digo eu.

Mangala no Manchester City?

A sério? Devem precisar de um guarda-redes.

Maradona a dançar o tango

O golaço de Maradona à selecção inglesa, sob um ângulo diferente do clássico e com “El Pibe de Oro” a dançar ao som deste excelente El pañuelito.

Lusofonia Games 2014

Yeah, yeah: Lusofonia Games.

Lamento a grafia *aspetos da notícia apontada. Aliás, ‘aspetos’ é palavra extremamente interessante  — do ponto de vista da “unidade essencial da língua portuguesa”, claro.

Língua portuguesa: aquela que não é ‘primeira língua’ nos Jogos da Lusofonia. Sim, da Lusofonia.

O responsável [Artur Lopes] referiu que, tratando-se dos Jogos da Lusofonia, não se entende que a primeira língua não seja o português, com uma tradução em inglês: “Aqui é o inglês e, às vezes, existe uma tradução portuguesa”.

Actualização (22/1/2014): Recomendo a consulta desta nótula, na página da ILC contra o Acordo Ortográfico.

Portugal é campeão europeu

selnac

Portugal regressou hoje à segunda divisão europeia de hóquei indoor, ao conquistar o título de campeão da terceira divisão, disputado em Zelina, na Croácia. Escrevemos há alguns anos que o lugar de Portugal, em função da sua realidade, será na segunda divisão, podendo, em boas safras, ir esporadicamente à primeira divisão, onde pendulam as oito potências da modalidade. Por um conjunto de circunstâncias fortuitas, não ousávamos fixar-nos. Agora, que conquistámos esse desiderato, há que trabalhar para nos mantermos.

Portugal começou bem a prova, como escrevemos na sexta-feira, cilindrando a Hungria e a Finlândia. Ora, o segundo dia de prova mostrava-se à partida muito complicado, dado que iríamos defrontar o País de Gales e a Croácia, apontados á partida como os favoritos. [Ler mais ...]

Eu também estive lá e vi!

Sim Francisco, o Paulo Fonseca é um treinador muito fraco. Não podemos acertar sempre! Mas esse vídeo que partilhas e ao qual o seu criador chama “O maior roubo da história do futebol” é no mínimo uma brincadeira de crianças à beira deste que agora te trago e que com certeza te lembrarás. O árbitro? O incontornável João Ferreira. E mesmo com a arbitragem escandalosa, a mais escandalosa que alguma vez vi, a melhor equipa em campo ganhou. Eu estive lá e vi! E não me lembro de ver comentários do Jorge Jesus sobre o sucedido :)