Porque é que o delinquente que agrediu um agente da PSP em Lisboa não está preso?

Não percebo. Segundo o Expresso, o delinquente em questão tem quase 20 processos por agressão, cinco deles contra agentes da autoridade. O vídeo que circula desde ontem nas redes sociais mostra o marginal em acção, a agredir violentamente um agente da PSP, agente esse que foi hospitalizado com escoriações nos braços e uma orelha rasgada, e o máximo que um juiz de instrução consegue é aplicar a medida de coacção mais leve, permitindo que este indivíduo circule livremente pelas ruas de Lisboa, com um simples Termo de Identidade e Residência. [Read more…]

É tempo de dizer basta à impunidade e à selvajaria dos “segurilas”

Num universo cinematográfico, um dos agredidos na madrugada de 1 de Novembro, na discoteca K Urban Beach, regressa ao local, ferido, e com algum sofrimento adicional, aplica uma coça monumental nos malvados e cobardes seguranças, com cambalhotas e pontapés rotativos à mistura. No mundo real, porém, a cena repete-se, over and over again, e os criminosos saem quase sempre incólumes, imunes que são à lei e à justiça.

O que diferencia este caso de centenas de outros casos, que eu e a maioria dos leitores já presenciamos, em mais do que uma ocasião, é que, desta vez, alguém conseguiu filmar as cenas de uma brutalidade atroz e sem justificação possível, sem que nenhum dos delinquentes se apercebesse. Caso contrário, o corajoso ou corajosa que filmou o triste episódio teria certamente experimentado da mesma violência gratuita que esta espécie de marginais serve, em doses cavalares, todos os fins de semana, numa discoteca perto de si. [Read more…]

Ui que indignação se isto tivesse acontecido na Rússia ou na Venezuela…

jornalista da Time agredido com extrema violência por elemento dos serviços secretos norte-americanos quando tentava furar o perímetro de uma manifestação anti-Trump. O que vale é que eles por lá são muito democratas.

Bruno Alves é divino

Neymar foi “tocado por Deus”

Afinal quem é que foi agredido na Fontinha?

Tribunal absolveu activistas de agressão à polícia.

Relvas agride a inteligência e os jornais ajudam

Nuno Ferreira, jornalista, percorre Portugal a pé. Os Açores fazem parte de Portugal, e até ontem eram o seu percurso. Estava instalado no hotel onde Miguel Relvas e seus capangas pernoitaram. Tinha de passar à porta do quarto do ministro para entrar no seu. Em circunstâncias por apurar foi detido pelos capangas.

O resto, o que anda por jornais que nem os seus antigos colaboradores respeitam, é pura mentira: basta confrontar o que vai publicando no Facebook com  uma mirabolante teoria de perseguição que sem pejo espalham. Se insultou o licenciado, prendam o país.

Tenham vergonha, Público e Expresso. Não digo os jornais, mas quem escreveu e repete tretas que uma simples pesquisa na net permitia no mínimo questionar.

Pontaria

É tudo uma questão de pontaria!

De qualquer modo é sempre a somar: foi o Crato, o Gaspar e agora a Farmgirl.

Preparem-se boys and girls!

Parece que o povo acordou!

Israel, sempre com classe

Soldado agride criança palestiniana

Viva a Democracia da Extrema Direita

Ele é de um partido de extrema direita (com o poético nome de Aurora Dourada), a deputada de cor de rosa é do Syriza e a de branco é do partido comunista. Desenho? Para quê?

Pepe será militante do PSD: Relvas és o senhor que se segue

Este tipo tem a escola toda! “Se mexer, leva!”

Vai daí pensei em arranjar um cartão de militante do PSD ao Pepe. Assim, como assim, já sabe o hino, ainda que na versão com samba.

Quando o Relvas abrir a boca para dizer mais uma parvoíce, manda-se uma mensagem ao bobi e ao tareco e eis que numa entrada de carrinho, a pés juntos, temos o Relvas, no soalho, com as duas pernas partidas ou até quem sabe com uma distensão muscular na ponta do nariz. Com um jeitinho, ainda sobra uma cotovelada para o Coelho.

A vontade de agredir é tanta que, no jogo de ontem contra o Valência, PEPE agrediu um colega do Real Madrid (com  um 7 na camisola). Terá sido o Cristiano Ronaldo a vítima?

Veja com os seus próprios olhos:

[youtube:http://youtu.be/kauFdeh0mRI]

O agredido ainda teve forças para se rir da situação.

Imagens de Portugal democrático

Patrícia Melo, fotojornalista da AFP tomando contacto com a liberdade de imprensa em versão policial, esta tarde em Lisboa.

Jesus agride um jogador do Nacional

Desta vez foi antes do túnel. Desta vez as televisões filmaram. Desta vez não há Ricardo Costa, embora haja outra vez Rui Costa.

Jorge Jesus não tem personalidade para treinar uma equipa de futebol do 1º escalão.  Porque esta agressão é antes de mais uma agressão ao Benfica, que por muito que me custe admiti-lo está muitos furos acima de personagens deste calibre. Ser treinador de uma equipa de futebol não é só saber de tácticas, é também saber estar numa indústria de entretenimento. Seguir o exemplo de Scolari não foi exactamente uma ideia brilhante. Esperemos pelas consequências.

A agressão de Luisão ao público (Sumaríssimo já!)


O vídeo está no site da RTP e é elucidativo: Luisão agride o público com um objecto durante o intervalo do Porto – Benfica.
A lei é clara. Por muito menos, Hulk esteve suspenso durante vários meses.
Sumaríssimo, já!

Não traumatizem a menina que agrediu a professora à dentada


A professora diz que saiu da sala. Ora, um professor não pode sair da sala. Teve o que merecia.
Depois, não deixou a menina escrever na mesa. O que é isto, cercear os dotes artísticos de uma jovem, uma potencial Picassa? Foi muito bem feita.
Depois, dá aulas em Gondomar. Não se pode queixar. Quem dá aulas em Gondomar sujeita-se.
Por fim, chama-se Lachado. Lachado??? Lachado??? Mas que merda de nome é esse? Cá para mim, quem se chama Lachado não merece a mínima consideração.
A menina de 10 anos fez o que devia ser feito. É que uma professora dessas… só mesmo à dentada!
Por isso, façam o favor de não traumatizar a menina. Não a castiguem e não digam que ela é uma cadela. No fundo, no fundo, a menina está a ser vítima de bullying.