Saiu de casa para fazer a rodagem ao Citroën

e agora não sabe conduzir. Exactamente há quantos anos andamos nós a pagar carros e motoristas a este indivíduo?

O retrato oficial

cavaco

TYRONE: (He quotes.) “The fault, dear Brutus, is not in our stars, but in ourselves that we are underlings”. (He pauses — then sadly). The praise Edwin Booth gave my Othello. I made the manager put down his exact words in writing.

Eugene O’Neill, Long Day’s Journey Into Night

***

Este retrato oficial «passará a integrar a Galeria de Retratos dos ex-Presidentes, no Museu da Presidência da República» e é da autoria de Carlos Barahona Possollo.

O pormenor mais interessante do retrato é a caneta que Cavaco Silva ostenta. Aquela caneta, note-se, nunca serviu para adoptar o Acordo Ortográfico de 1990. Efectivamente, aproveitemos este momento para recordar [Read more…]

Ó Passos, vamos lá ver se a gente se entende

PPC CS

É natural que haja quem por vezes se esqueça que Cavaco Silva ainda é presidente. O próprio Cavaco, que ao que tudo indica ainda é presidente, parece esquecer-se, ele próprio, do lugar que ocupa. Seja quando trata o PCP e o BE como partidos à margem do sistema, como se de fascistas como aqueles que Cavaco tanto apreciava e que inclusive condecorou se tratassem, seja quando procura sossegar os portugueses afirmando que determinado banco está sólido apesar de em processo de desagregação, seja quando tem declarações infelizes sobre os seus fartos rendimentos serem insuficientes para pagar as contas que não tem, que mais tarde procura negar, seja quando protege larápios no seu Conselho de Estado, seja quando abandona o país a meio de crises políticas para ir passear para as ilhas, para apreciar cagarras ou tecer considerações marotas sobre frutos com formas fálicas. Perante tudo isto e muito mais, que não me pretendo alongar muito, não acha o senhor deputado normal que alguns de nós se esqueçam que o homem ainda é presidente? Pena não nos podermos esquecer todos, fazer de conta que ele não existe. O que vale é que, perto do fim, lá começou a ser capaz de se autocriticar. Largos dias tem a longa noite cavaquista.

Zezé Camarinha condecorado por Cavaco…

… com a Ordem do Tesão de Ouro.

Cavaco Silva e a PIDE

12715471_10205851754801676_4133422035724492551_n

Encontrei esta imagem no mural da Ana Cristina Leonardo, que, por sua vez, remete para uma publicação do José Simões no Der Terrorist.

Uma imagem vale mil palavrões. Vai longa a noite. Para além de Cavaco Silva, assina Jorge Braga de Macedo.

Quanto vale uma condecoração presidencial?

CS

Cavaco Silva condecorou mais uma fornada de ex-governantes. Nada de novo. Não posso, contudo, deixar de expressar a minha surpresa ao verificar que Luís Campos Cunha foi um dos escolhidos pela personagem para ser reconhecido pelo “espírito patriótico e de serviço” no desempenho das suas funções governativas. Até porque o antigo ministro de José Sócrates não chegou sequer a aquecer a cadeira, tendo apresentado a sua demissão quatro meses após a nomeação, o que de resto revela o elevado sentido de patriotismo e de serviço de Campos e Cunha. Mas não me choca. E não me choca por dois motivos: em primeiro porque o acto de condecorar alguém está tão banalizado que não faltam exemplos de políticos suspeitos, maus gestores públicos e altos quadros de bancos e empresas privadas envolvidos em variados esquemas com uma medalhita na estante do escritório. Em segundo porque Campos e Cunha tem sido uma voz activa contra as derivas de esquerda do PS e a direita precisa de pessoas assim.

Foto@Diário Digital

Faz hoje 26 anos que Mandela foi libertado

Outro veto do Cavaco que correu mal.